X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

PUBLICIDADE

Diário do Forró

Disco de Ouro

Rita de Cássia, Redondo & Banda Som do Norte – Vol. 01

Lançado no ano de 1994, o primeiro disco oficial da cantora e compositora Rita de Cássia e do seu irmão, o sanfoneiro Redondo juntamente com a Banda Som do Norte, invadia o mercado fonográfico para trazer ao público forrozeiro um diferencial em termos de letras e melodia.

Rita de Cássia, Redondo & Banda Som do Norte – Vol. 01
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Lançado no ano de 1994, o primeiro disco oficial da cantora e compositora Rita de Cássia e do seu irmão, o sanfoneiro Redondo juntamente com a Banda Som do Norte, invadia o mercado fonográfico para trazer ao público forrozeiro um diferencial em termos de letras e melodia.

A expectativa gerada em torno do primeiro álbum da premiada compositora era muito grande, pois a artista vinha solidificando cada vez mais o seu trabalho como autora, assinando diversos sucessos daquela época como: “Brilho da lua” com Eliane e “Meu vaqueiro, meu peão” com o Forró Mastruz com Leite e a  oportunidade de ouvi-la como intérprete das suas próprias composições aumentava a cada instante.

Como era de se esperar, dez das doze canções que compõe o disco são de autoria de Rita de Cássia, músicas consagradas que atualmente são consideradas verdadeiros clássicos do nosso forró.

Além da “Poetisa do Forró”, os cantores da Banda Som do Norte, Jair Gama e o saudoso Carioca interpretam as canções que integram o álbum.

Interpretada pelo saudoso Carioca, (falecido no ano passado), a canção “Mulher de gado”, destaca a paixão de um vaqueiro por sua amada, tendo como pano de fundo um dos esportes mais tradicionais do Nordeste, a vaquejada.

Relembre esse sucesso de autoria da “Poetisa do Forró”:

Composta em parceria com a sua mãe, a saudosa Dona Maria, Rita de Cássia produziu uma das obras-primas do nosso cancioneiro forrozeiro, a canção “No vôo da Asa Branca”, que retrata o sonho do nordestino de retornar a sua terra natal, após ir tentar a vida na cidade grande:

O dueto “Não brinque comigo” interpretado por Rita e Carioca também foi outra canção que alcançou destaque e merece ser lembrada:

O romantismo, marca registrada do trabalho da Poetisa,  foi amplamente massificado através de faixas como: “Nossa tentação”, “Chega mais perto”, “Pescador” e “De onde veio”, que o Diário do Forró relembra agora:

O amor inocente, retratado de forma ingênua está presente na canção “Pensamentos Meus”, mais uma vez  Rita de Cássia mostra toda a sua versatilidade, acompanhe a faixa  na interpretação do cantor Carioca:

Além das dez faixas compostas pela Poetisa,  o  álbum ainda conta com dois solos instrumentais  “Enrolão”  e “Som do Norte” de autoria dos sanfoneiros: Redondo e Chiquinho do Acordeom.

Lançado em: LP K7 e CD pelo selo SomZoom Stúdio, o primeiro trabalho musical de Rita de Cássia, Redondo & Banda Som do Norte é considerado um campeão de vendas e com certeza ocupa lugar de destaque na galeria de discos clássicos do nosso forró.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu Comentário

notícias relacionadas