X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

PUBLICIDADE

Diário do Forró

Disco de Ouro

Banda Forró Maior - Vol. 01

Lançado no ano de 1993, o primeiro trabalho da Banda Forró Maior, é considerado um verdadeiro clássico do nosso forró, devido aos grandes sucessos contidos neste trabalho.

Banda Forró Maior - Vol. 01

O quadro "Disco de Ouro" está de volta e destaca em sua nova edição, um dos álbuns mais queridos do nosso movimento forrozeiro, o primeiro CD da Banda Forró Maior, que atualmente é considerado um verdadeiro clássico do nosso forró, devido aos grandes sucessos contidos neste trabalho.

Lançado no ano de 1993, o primeiro disco da Banda Forró Maior, invadiu o mercado forrozeiro como mais uma boa opção entre os apreciadores do novo estilo, que estava surgido e ganhando força, naquela época.

Logo de cara, a banda agradou em cheio, graças a uma série de fatores que contribuíram para o seu sucesso, como por exemplo, o seu conhecido slogan "A Emoção do Forró", (que a segue até hoje) e os diversos bordões, pronunciados durante as introduções das canções, pela dupla de vocalistas: Jeanny Linss e Edvaldo, que projetaram os seus nomes no cenário forrozeiro depois do lançamento deste disco.

Quem não se recorda do: "O forró, tá ficando lindo, lindo, lindo!", "Essa é pra chamegar" ou "Todo mundo aí com a sua bichinha", frases que se popularizaram e tornaram o grupo cearense, ainda mais conhecido.

Pertencente ao empresário Possidônio, a Banda Forró Maior, é tida como a "banda mãe" do Grupo P.S Produções, que no auge do nosso movimento, além da Forró Maior, concentrou bandas como: Forró Legal, Café Coado, Gatões do Forró, Unidos do Forró e Brilho da Lua.

Produzido pelo experiente e talentoso Natinho da Ginga, que além de participar em uma das faixas do disco ao lado da cantora Jeanny Linss, o respeitável músico também assina 03 das 11 composições existentes no álbum em pareceria com outros autores, como: Mardônio, Fernando Monterrey e Cláudio Cesar.

A animação se faz presente, logo na canção que abre o CD, "Forró Maior", faixa que carrega no título o mesmo nome da banda, quem não se lembra dos versos: "Chegou, chegou, chegou... a Banda Forró Maior, que no forró é bem melhor!" Relembre com o Diário do Forró, o sucesso "Forró Maior" com o cantor Edvaldo:

O álbum foi considerado um dos melhores discos de forró da época, afinal de contas foram diversos sucessos emplacados, porém um se destacou entre os demais, a faixa "Fica Comigo", que ajudou a projetar o nome a banda no mercado forrozeiro. Um dueto entre a cantora Jeanny Linss e o produtor musical, Natinho da Ginga, a música alcançou um grande destaque e depois dela, o produtor participou de diversos outros trabalhos das mais variadas bandas.

Composta por Natinho da Ginga e Mardônio, a canção permaneceu por vários meses nas paradas de sucesso e hoje ocupa espaço na galeria das clássicas canções do nosso forró, presença garantida no repertório das bandas que atualmente fazem o “Forró das Antigas”, relembre conosco este grande sucesso:

Jeanny Linss e Edvaldo, fizeram uma dobradinha de sucesso, a química da dupla ficou evidente na música "Dominar seu coração", outra canção assinada por Natinho da Ginga em parceria com Cláudio Cesar, que se tornou um grande sucesso.

A singularidade da voz do cantor Edvaldo, juntamente com o seu jeito irreverente de cantar, foram fatores que contribuíram para que o disco fosse bem sucedido, a interpretação do músico nas faixas: "Forrozeiro Alucinado" e "Menina Linda", também merecem serem lembradas. Ouça nos player´s abaixo:

 

A voz inconfundível da cantora Jeanny Linss, até então uma estreante no mercado, ficou marcada pela canção "Fica Comigo", porém outra canção também interpretada pela vocalista se destacou no primeiro volume da banda e até hoje é lembrada pelos forrozeiros, "Amor Proibido". Volte no tempo e recorde conosco, "Amor Proibido", composição de Natinho da Ginga:

Outras canções que compõem o álbum também foram bastante ouvidas na época: “Pra lá de bom”, “Ela/Galopeira”, e “Acayu”, além de um pot-pourri com canções sertanejas, também foram bastante executadas naquele período e ajudaram a tornar o álbum ainda mais popular.

Lançado em: LP K7 e CD pelo gravadora CID, o primeiro trabalho musical da Banda Forró Maior é considerado um campeão de vendas e com certeza ocupa lugar de destaque na galeria de discos clássicos do nosso forró.

Deixe seu Comentário

notícias relacionadas