X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

PUBLICIDADE

Publicicade Topo

Diário do Forró

Meu Forró Inesquecível

Carlúcia Cardoso – “Porque Brigamos”

A compositora e cantora Carlúcia Cardoso, é quem ilustra a nova edição do quadro "Meu Forró Inesquecível". Acompanhem conosco, as canções destacadas.

Carlúcia Cardoso – “Porque Brigamos”
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Por: Alcides Santos

Em sua mais recente edição, o quadro "Meu Forró Inesquecível", destaca o talento de uma grande compositora, que emplacou inúmeros sucessos através do nosso movimento forrozeiro, mas que também atuou como cantora e por este motivo ilustra a nova edição do nosso quadro.

Estamos falando de Carlúcia Cardoso, autora de grandes sucessos forrozeiros, em sua maioria gravados pelo Forró da Brucelose, tais como: "Sede de te amar", "Sei que vou te amar", "Se uma lágrima rolar II" e "Da boca pra fora", mas que além do seu reconhecido talento para criar canções, também integrou a renomada banda pernambucana por cerca de oito anos, atuando como cantora e backing vocal, fazendo parte de vários CD´s lançados pelo grupo.

Acompanhem agora conosco, o depoimento de Carlúcia e saiba quais foram as canções que marcaram a sua carreira como intérprete:

01. Qual foi o sucesso que você gravou, que mais você se identificou? aquele que pode ser considerado o seu “Forró Inesquecível”.

Conforme mencionado no player acima, a faixa "Porque Brigamos", foi a escolhida pela intérprete como o seu Forró Inesquecível. Vale lembrar, que a canção integrou, o quarto CD lançado pelo Forró da Brucelose no ano de 1998, alcançando a expressiva vendagem de 320 mil cópias.


02. Qual foi o forró que você mais gostava de interpretar nos shows, que nunca teve a oportunidade de gravar, mas se pudesse um dia desejaria gravar?

Relembre com o Diário do Forró, a faixa “Timidez”, clássica canção, interpretada originalmente pela veterana Francylene Mendes e composta por: Ferreira Filho e Rômulo Santaráy, presente no primeiro CD do Forró Cavalo de Pau, “Cão chupando manga”.

 

 

Vale lembrar que em outubro de 2015, a musicista participou de outro quadro de grande repercussão aqui no Diário, o "Cantinho do Compositor", onde relatou todos os detalhes da concepção da clássica “Sede de te amar”, canção de sua autoria, interpretada pela cantora Dinha Lins (Ana Sol) através do terceiro CD lançado pelo Forró da Brucelose.

Clique aqui e releia o quadro "Cantinho do Compositor" com Carlúcia Cardoso.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu Comentário

notícias relacionadas